AHS: O show de horrores chega à cidade

Eu não posso falar por vocês, mas eu estava muito animada com a estreia de American Horror Story: Freak Show. O primeiro episódio – Monsters Among Us (Monstros Entre Nós) – foi ao ar ontem e eu tenho todas as fofocas da premiere pra vocês. Se quiserem evitar spoilers, parem de ler JÁ! Vamos lá:

ahs-freak-show-episode-1

Logo de início somos apresentadas às gêmeas Bette e Dot Tattler, as siamesas retratadas por Sarah Paulson com maestria. Elas são encontradas escondidas na fazendo em que moravam com a mãe alguns dias após o assassinato dela. Elas mesmas com alguns ferimentos a faca no peito. São levadas para um hospital e, considerando que o ano é 1952 – embora eu acredite que não faria muita diferença hoje em dia – são tratadas como uma aberração com direito a escolta policial.

American-Horror-Story-freak-show-ep-1-recap-feature-400x200Elsa Mars – Jessica Lange – dona do Show de Horrores local, chamado carinhosamente de “O Armário de Curiosidades de Elsa”, logo percebe o potencial dessas irmãs, abandonadas no mundo, e seduz a assistente do hospital com ingressos para seu show. Logo reaparece com a roupa de ajudante e invade o quarto muito bem guardado das irmãs Tattler, mostrando que já sacou muito bem o que realmente aconteceu e prometendo protegê-las da polícia se a acompanharem para seu pequeno circo.

1029475Logo percebemos que as irmãs tem personalidades bastante distintas – Enquanto Bette é mais infantilizada e otimista, Dot é bem cínica e mais realista. Elas escapam do hospital, mas Elsa as encontra na casa da mãe e oferece proteção novamente, o que ambas acabam aceitando. Bette fica encantada com a promessa do estrelato, mas Dot é bem mais descrente e infeliz com o ambiente, exceto por um pequeno raio de esperança: Jimmy Darling, o chamado Garoto Lagosta (Evan Peters), parece ter encantado Dot.

Capture1-600x452Falando em Jimmy, o rapaz tem outro talento nas mãos proveniente de seus dedos alongados e grudados: satisfazer as donas de casa frustradas da cidade de Jupiter. Não apenas as mulheres saem de lá satisfeitas, mas ele próprio parece bem feliz com sua segunda vocação. Além de tudo, Jimmy parece ser um cavalheiro e um defensor de seus colegas. Quando a polícia chega para prender as gêmeas, Jimmy não apenas as defende como acaba degolando o policial, enterrado na mata ali perto sob palavras de defesa a todos os que comparecem, definindo-os como seres humanos  e não aberrações. Jimmy deixa bem claro sua insatisfação com sua colocação social diante de sua mãe, Ethel (Kathy Bates), mas a Mulher Barbada logo o repreende afirmando que Elsa já fez muito por eles. Observando as interações entra as duas percebe-se uma relação muito íntima e pessoal entre elas, uma admiração muito grande de Ethel pela diretora do espetáculo – diria ainda uma paixão platônica.

Mas Ethel logo demonstra que não é nada santa. Quando a assistente do hospital vem reclamar ter sido drogada e abusada, ameaçando divulgar ao mundo o que realmente acontece sob as tendas do circo, Elsa mostra que tem as noitadas de sexo dela filmadas para posteridade, afirmando que sabe bem que ela adorou a perversão ao seu redor.

Na noite de estreia das gêmeas no espetáculo, apenas duas pessoas estão na plateia: uma socialite e seu filho, que fica logo encantado pelas pessoas no palco se apresentando ao redor de Elsa Mars enquanto ela apresenta uma versão teatral do clássico de David Bowie “Life on Mars” que, apesar de não existir ainda em 1952, retrata muito bem o cenário do Armário de Curiosidades ao redor. Encantado com as chamadas aberrações, o rapaz logo oferece uma boa grana para comprar Bette e Dot – isso mesmo: comprá-las, como objetos – mas as gêmeas logo se manifestam, deixando claro que não tem a menor intenção de abandonar o showbiz.

ep1iEnquanto isso, fora da tenda, uma palhaço tão assustador que daria pesadelos até mesmo ao famoso Pennywise passeia sozinho no Carrossel observando seus arredores. Não é a primeira vez que o vemos – Já sabemos de duas mortes violentamente causadas por ele: um rapaz que estava com a namorada e um casal que estava dormindo na casa com o filho. Misturando gestos bruscos com tendências quase infantis, uma máscara assombrosa que só pode estar escondendo algo pior e uma tendência homicida desenfreada, ele mantém refém a tal namorada e o menininho, em sua cova na floresta.

BzebNAwCAAEqgNLQuando você acha que o episódio acabou – o que pode ser a qualquer momento, dado o tempo estendido desta premiere, temos um último vislumbre da performática Elsa Mars. Enquanto ela se apresenta como uma pessoa “comum” em meio aos “freaks” ela não passa de uma farsa – suas pernas são, na realidade, mecânicas. O que não fica muito claro é se mais alguém ali dentro tem alguma noção disso ou se todos a consideram uma verdadeira santa por ser uma “normal” que ajuda as aberrações.

Episódio absolutamente perfeito para dar início a esta tão esperada temporada: uma mistura de horror, suspense, romance e drama. Mal posso esperar até a semana que vem!!!! Essa temporada promete!!!!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s