Eternamente jovens

Não adianta negarmos. Os melhores de nós já nos rendemos a alguma novela adolescente em alguma fase de nossas vidas. Seja em pitorescas cidadezinhas do interior em Massachusetts, seja lutando contra demônios sobre a boca do inferno, seja fazendo compras no CEP mais conhecida da televisão, seja esbanjando dinheiro com drogas e bebidas na Califórnia, seja por mensagens instantâneas anônimas entre a alta sociedade novaiorquina ou vibrando com jogos de basquete na Carolina do Norte… Não importa o cenário, todos nós tivemos a nossa fase teen. Eu tenho a minha até hoje, com reprises na TV e incontáveis boxes de DVD. Escolha o seu momento teen de acordo com a sua melhor lembrança nostálgica!

01. BEVERLY HILLS 90210

90210-group-beverly-hills-90210-6906455-992-468Se é pra falar de novelinhas teen, precisamos começar com aquela que deu origem à toda uma nova geração de séries. Com a proposta simples de contar a história de dois irmãos de Minnesota que se mudam para o glamouroso universo de Beverly Hills, a série se tornou um ícone pop dos anos 90, tendo sido referência de moda, música e beleza durante toda uma década. O elenco sofreu mil alterações, mantendo alguns originais no núcleo mas, independente dos personagens ativos a cada ano, a série abordou todos os assuntos e dificuldades vividos pelos jovens da época. Desde o abuso de drogas e o aborto até o romance, às dificuldades acadêmicas e brigas com pais que parecem nunca compreendê-los. Sim, o posicionamento sempre tinha alguma forma de lição de moral no fundo, mas é o preço que se paga por ter sido o primeiro, certo? Não dá pra acertar sempre!

E falando em adolescentes mimados da Califórnia…

02. THE O.C.

gb-love-the-oc-cabec3a7ario

Mais de uma década depois de Dylan ter um triângulo amoroso com Kelly e Brenda, a juventude abonada californiana virou o centro de uma nova série, mas a pegada foi diferente. Na verdade, foi praticamente oposta. The O.C. conta a história de um adolescente pobre, Ryan, que vai morar na casa de uma família milionária com um filho nerd da sua idade, Seth. Ryan logo começa um romance com a vizinha, Marissa, colocando Seth em contato com sua grande paixão, a popular Summer, que não dá a mínima pra ele. A série explodiu logo na primeira temporada mostrando um lado muito mais tórrido e heroin-chic dos jovens americanos. A protagonista, Marissa, deve ter tido umas 15 overdoses, uns 18 envenenamentos por álcool, umas 8 fases homossexuais até que finalmente os produtores admitiram que já tinha feito de tudo com ela e mataram seu personagem em um acidente de carro no final da terceira temporada. O ano seguinte já estava fadado ao desastre e a série foi cancelada com direito a apenas 13 episódios para encerrar sua história, e fez isso de maneira desastrosa e destruindo tudo que tinham construído até aquele ponto. Por este motivo, ninguém nem lembra mais da série…

Do outro lado do país, porém…

03. ONE TREE HILL

one-tree-hill-final-seasonUma realidade muito diferente foi apresentada ao relatar a história de um grupo de adolescentes de uma pequena cidade da Carolina do Norte, a fictícia Tree Hill. A série estreou com péssima audiência, cresceu aos poucos, terminou suas primeiras temporadas sob ameaça de cancelamento… Não foi fácil, mas OTH alcançou uma base de fãs muito fiel e bastante vocal. Por meio de manifestações pela internet, conseguiram manter a série no ar durante 9 anos. Embora as primeiras temporadas tenham um foco muito forte na família Scott e a dificuldade de lidar com a situação entre os irmãos Nathan e Lucas, aos poucos a série foi mudando, expandindo e até exagerando um pouco na dramaticidade. Ao todo, foram uns 8 acidentes de carro quase fatais, 1 assassinato a sangue frio e mais algumas tentativas, 1 tiroteio dentro da escola, 1 gravidez adolescente, 1 noivo abandonado no altar, 1 caso de amnésia seletiva, 1 overdose, 1 doença fatal de coração e DOIS psicopatas assassinos. Mas o tom emotivo e humorístico se manteve fiel até mesmo nas últimas três temporadas, após a partida do casal protagonista da série. A pitoresca Tree Hill como o centro de tudo conseguiu manter o público envolvido à medida que crescia juntos aos atores.

E falando em cidadezinhas fictícias pitorescas filmadas em Wilmington…

04. DAWSON’S CREEK

Wallpaper-dawsons-creek-32404704-1280-720Isso mesmo! Para quem não sabia, tanto Capeside quanto Tree Hill são, na realidade,  a pequena Wilmington, na Carolina do Norte. Quem assistiu as duas séries conseguirá descobrir os mesmos sets utilizados várias vezes. Mas isso não importa! Dawson’s Creek nasceu 5 anos antes de sua sucessora, em 1998, e chegou ao fim enquanto OTH ainda ensaiava seus primeiros passos. O elenco original trazia um triângulo amoroso entre Joey, a menina pobre, Dawson, o menino rico, e Jen, a menina sexy da cidade grande. Pra fechar com chave de ouro, Pacey estava ali como alívio cômico. Mas a coisa não ficou assim por muito tempo: Logo, Pacey se tornou um sucesso de público, ganhou espaço e acabou se tornando um dos mais fortes personagens da série, entrando no meio da bagunça do triângulo e transformando tudo em um grande quadrado. Ao contrário das séries que vieram antes dela, Dawson’s Creek não levou todos os atores para a mesma faculdade, apenas para a mesma cidade: Boston. O grande sucesso pode ser atribuído ao fato de os personagens se manterem fiéis às suas personalidades até o final, amadurecendo com todas as dores de crescimento da idade, além de trazer mais para perto do público a relação destes jovens com suas famílias que, nos primeiros quatro anos da série, foram muito proeminentes e mostraram ter suas próprias histórias paralelas. Com um salto de 5 anos, a série se encerrou na 6ª temporada com drama o bastante para fazer todo mundo chorar e finalmente respondendo a pergunta: Quem é o cara certo para Joey? Afinal, Katie Holmes acabou roubando o papel de protagonista de James Van Der Beek no meio do caminho…

Katie Holmes quase não foi Joey Potter, sabiam? É que ela também quase ganhou outro papel de destaque na televisão apenas 2 anos antes…

05. BUFFY – A CAÇA VAMPIROS

joss_whedon_buffy_cast

Sério! Katie Holmes chegou a ganhar o papel de Buffy, mas desistiram por que ela parecia novinha demais na câmera! Conseguem imaginar? Nem eu! Graças à Deus, pois Sarah Michelle Gellar simplesmente arrasou durante as 7 temporadas em que Buffy ficou no ar. Se tem uma coisa que os produtores acertaram na mosca foi com o elenco. A pequena cidade de Sunnydale recebe “A Escolhida”, uma adolescente com super-poderes para impedir a ascensão das forças do mal enquanto encara uma expectativa de vida bem abaixo do comum. Com diálogos rápidos, inteligentes e sarcásticos, um humor bastante único, uma linguagem própria, inúmeras referências pop e a capacidade de emocionar a audiência mesmo diante de demônios monstruosos, Buffy se tornou um ícone de gênero e de toda uma geração. A série é bastante juvenil em seus primeiros 4 anos, mas a 5ª temporada marca o surgimento de Dawn, sua irmã mais nova, e a morte de Joyce, sua mãe. Com isso, a personagem é forçada a amadurecer e, consequentemente, os enredos também amadureceram. Um destaque especial para o início da sexta temporada, no qual Buffy se torna sombria enquanto tenta lidar com o fato de ter sido resgatada do mundo dos mortos. O episódio musical, totalmente inédito na época, marca com maestria esta mudança de ritmo. Até hoje, a série é referência pop e continuou sua saga no universo dos quadrinhos.

Aí os anos se passaram, a pequena Dawn Summers cresceu a acabou levando a atriz Michelle Tratchenberg para Nova Iorque…

06. GOSSIP GIRL

Gossip-GirlBem para o meio de um enorme ninho de cobras! Mas isso não quer dizer que sua personagem, Georgina, seja nenhuma santa! Pelo contrário! Naquele pedaço bastante seletivo de Manhattan, estão as pessoas mais mimadas, bem vestidas e poderosas da sociedade jovem de uma das maiores cidades do mundo. Entre abuso de álcool e drogas, núcleos familiares ausentes, acesso aos bares e hotéis mais caros do mundo, transporte imediato para qualquer lugar e um caso sério de promiscuidade e enlouquecidas paixões adolescentes, Gossip Girl resgata um pouco da proposta de The O.C., mas conseguiu chegar ao final com mais classe e elegância do que seu primo californiano, redimindo o casal mais odiável do mundo, Blair e Chuck, mostrando um lado mais humano destes jovens que vivem dentro de suas bolhas por meio de Serena e Nate e transformando em uma estrela do Rock o projeto de patricinha que ela Taylor Momsen nos seus primeiros anos como Jenny.

Não é incrível como, se prestarmos atenção, essas séries adolescentes que se estendem por 20 anos estão todas um pouco conectadas? Talvez seja por isso que eu, mesmo hoje chegando aos 30 anos, acompanhei 4 dessas séries espalhadas entre as duas últimas décadas e possuo algumas em DVD, que assisto sempre que posso, resgatando lembranças nostálgicas. E vocês? Qual a série teen que mexeram com a cabeça de vocês?

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s