Será que o livro é sempre melhor?

Eu sou sempre a primeira pessoa a defender: 90% das vezes, o livro é MUITO melhor do que o filme. Mas ultimamente, o cinema não é a única mídia que vem buscando fonte de inspiração nos livros. Esta manobra vem se transportando cada vez mais para as séries. Nos últimos anos, adquiri o hábito de procurar os livros que deram origem às séries que me interessam e cheguei a uma conclusão muito engraçada: A regra do cinema não é necessariamente válida para a TV também: Apenas 50% das vezes o livro é, de fato, melhor do que a série. Tenho aqui 4 exemplos para dissertar a vocês sobre a minha teoria:

O LIVRO É MELHOR DO QUE A SÉRIE

01. DEXTER

Não estou criticando a série de forma alguma. O roteiro é espetacular, os personagens bem construídos e o formato de 12 episódios é perfeito para não tornar a fórmula cansativa. O livro é melhor no sentido de explorar de forma menos moralista o verdadeiro significado da psicopatia do serial killer Dexter Morgan. Enquanto a série se esforça para torná-lo um anti-herói amável por meio da humanização dele, o livro faz questão de ressaltar exatamente o oposto: por mais que nós, leitores, desejemos que ele amoleça com o tempo e suas experiências, isso é organicamente impossível para ele e a razão pela qual ele consegue continuar escapando ileso de seus crimes é justamente essa frieza natural de seu distúrbio.

02. PRETTY LITTLE LIARS

Estou adorando acompanhar a saga das quatro adolescentes, tanto nos livros quanto na TV. Porém, o livro é menos juvenil do que a série. Na falta da necessidade de agradar a audiência, a versão literária é mais cruel, mais fria. As meninas são muito mais falhar, mesquinhas e incuráveis nos livros do que na série. Alison também é muito mais cruel em seu fantasma literário, assim como a história de Toby e Jenna. Claro, tratando-se de um seriado teen, há certas censurar que o livro não exige e, portanto, encontra liberdade para deixar os segredos das meninas ainda mais sombrios para os leitores do que para os telespectadores…

A SÉRIE É MELHOR DO QUE O LIVRO

01. FLASHFORWARD

Esta foi uma das melhores séries em anos, uma pena que só durou uma temporada. Toda a proposta foi tirada do livro, mas trabalhada de uma forma muito mais interessante e envolvente, com personagens muito mais bem construídos. Impossível não ficar completamente fascinado com a jornada de cada um deles, prevendo como cada pequena atitude iria interferir nas visões exibidas durante o apagão. Fui ler o livro depois que a série acabou, louca pra desvendar mais coisas que a série jamais discutiria, mas me deparei com uma novelinha sem graça sobre física. Simples assim. O livro peca na falta de humanidade, a série não.

02. 666 PARK AVENUE

Este é o melhor exemplo de um livro fraco que dá origem à uma versão televisiva muito melhor, APESAR do cancelamento com apenas 13 episódios. Enquanto o livro não passa de uma novelinha semi-erótica para universitárias desesperadas na fase de experimentação (pensa sexo selvagem com estranhos, aquela fase de bruxaria Wicca e muito, muito dinheiro) misturando Charmed com Sex and the City, a série assume um tom mais sombrio em uma enorme disputa de poder dentro de um edifício de alto luxo em Nova Iorque. O que a série e o livro têm em comum? O nome. Só isso. Literalmente. A série trabalha muito mais o sobrenatural enquanto o livro não passa de uma grande lista de marcas de luxo intercalada com cenas desnecessárias de erotismo.

ALGUMA CONCLUSÃO A SER TIRADA?

Sim. Definitivamente! As séries que são mais fracas do que os livros continuam no ar, as que se destacam foram canceladas. As razões para isso são totalmente desconhecidas, mas eu encontro uma característica comum: Dexter e Pretty Little Liars se adaptaram às demandas morais da maioria. Enquanto ambas deveriam apresentar completos anti-heróis como protagonistas, suas versões televisivas foram adaptadas para mostrar mais humanidade e menos frieza e calculismo. Minha recomendação? Leia todos os livros, veja todas as séries e forme sua própria opinião. O pior que pode te acontecer? Ganhar um pouco mais de cultura pop, e isso nunca fez mal à ninguém.

Anúncios

One thought on “Será que o livro é sempre melhor?

  1. Não se poder ter comparação. Cinema e livro são coisas totalmente diferente. Tenta fazer um livro de um filme que já existe. Vai acabar a magia do livro. No livro vc cria as formas e jeitos dos personagens. o filme já vem pronto. Essa comparação não deveria existir. =D

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s