Os Filmes da Minha Vida…

addams-family-3Quantas vezes você já saiu do cinema com a sensação de que a sua vida havia acabado de passar na tela bem diante dos seus olhos? Bom, eu achava que isso acontecia com todo mundo, mas hoje no trabalho conversando com o pessoal descobri que a coisa não é bem assim… Aí eu fiquei imaginando: Será que isso só acontece comigo?

Tentei me lembrar quantas vezes eu senti isso, de verdade. Quantos filmes poderiam compor a história da minha vida? Imediatamente, três filmes me vieram à mente. Três filmes completamente diferentes um do outro, mas com uma coisa em comum: Somados, podem contar uma boa parte da minha história.

Vou compartilhar esses filmes com vocês, correndo o risco de parecer uma completa louca desvairada. Não sou (talvez só um pouquinho), mas definitivamente as três protagonistas problemáticas destes três filmes são diferentes partes da minha vida, partes que duraram mais do que 90 minutos de um único gênero…

01. A Mentira

Esse filme narra quase que a EXATA experiência que eu tive no colégio, mas de uma forma mais cômica do que eu passei. Todo mundo sabia quem eu era (meu nome exótico não ajudou com o anonimato) e espalhava todo tipo de boato sobre mim com base em meia dúzia de verdades. Eu perdi a virgindade e contei pra minha melhor amiga? De repente, o boato era de que eu não dava, distribuía… Eu pintei o cabelo de vermelho? Fui abusada sexualmente e não sabia lidar com isso… Eu coloquei gás no meu isqueiro? Estava cheirando benzina na rua da escola… Tipo o filme, só que sem a menor graça…

02. Garota Interrompida

Depois que eu assumi o papel de assunto da escola, entrei numa fase extremamente depressiva, me tornei uma pessoa extremamente provocadora e sarcástica, não conseguia me relacionar com ninguém direito mas vivia cercada de pessoas fascinadas com essa natureza auto-destrutiva. Se você misturar a personagem de Winona Ryder com a personagem da Angelina Jolie neste filme dá pra entender direitinho quem eu era no final da adolescência (mais ou menos a mesma época que eu larguei a escola depois da tal Orientadora Educacional ameaçar me expulsar se eu não fizesse terapia).

03. Geração Prozac

Não basta eu sei fisicamente parecida com a Christina Ricci desde pequena (mais gente do que eu gostaria de admitir me chama de “Vandinha” até hoje), ela precisava ir e fazer esse filme. Eu vi e fiquei besta com as similaridades. Meu marido também. Minha mãe chorou. Meu melhor amigo fala disso até hoje… Os problemas de relacionamento com a mãe, a obsessão em escrever, as crises de bipolaridade, as crises de identidade… Tudo naquele filme retrata uma época da minha vida da qual eu não me orgulho, mas foi uma parte importante de quem eu sou agora.

 Tem outros filmes que eventualmente fazem com que eu me identifique, mas nenhuma até hoje com a mesma intensidade que esses três… E vocês, já pensaram nisso? Qual são os filmes das SUAS vidas?

Anúncios

2 thoughts on “Os Filmes da Minha Vida…

  1. Pingback: Os discos da minha vida | Junkies de Conteúdo

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s